Pular Navegação (s)
20/08/2020

Qual é a importância da certificação INMETRO para peças automotivas?

 

Na hora de comprar peças para seu carro, é importante sempre escolher aquelas que apresentam a melhor qualidade possível e, principalmente, evitar peças que não atendam aos padrões mínimos estabelecidos pelo mercado. Uma forma de fazer isso é procurar por peças que contem com a certificação Inmetro.

Como você já deve saber, o Inmetro é um órgão público que regula as especificações técnicas de diversos produtos, especialmente os que, quando defeituosos, podem provocar prejuízos e acidentes. Naturalmente, isso também se aplica às peças automotivas, as quais seguem uma série de normas de qualidade.

Para ajudar você a entender melhor o assunto, vamos explicar mais sobre o certificado Inmetro para peças automotivas e como verificar se uma peça tem a certificação obrigatória. Acompanhe!

 

Quais são os critérios de avaliação do Inmetro?

Para poder implementar seu sistema de controle de qualidade, o Inmetro precisa estabelecer alguns critérios gerais, para depois determinar as especificações que em sua grande maioria são baseadas em normas técnicas. Detalhamos algumas das normas gerais a seguir.

 

Performance das peças

As peças automotivas precisam ter uma boa performance para desempenhar a sua função, apresentando confiabilidade e resistência, de forma a garantir a segurança de veículo. Isso inclui todos os componentes pois, o veículo está sujeito a várias formas de avarias e danos ao longo do tempo, precisando assim que cada peça atenda a uma série de especificações que garantam sua resistência e durabilidade.

 

Vida útil

As peças automotivas sofrem um desgaste natural com o uso do veículo. Por isso, elas devem ser resistentes o suficiente para que tenham uma vida útil compatível com os requisitos de segurança. O consumidor deve se informar sobre as manutenções preventivas, verificando os desgastes e possíveis necessidades de troca. 

 

Testes em laboratório

O Inmetro também exige que peças com certificação compulsória (que é quando a certificação é obrigatória por lei) que entrarão em produção, passem por uma série de testes realizados em laboratório. Dessa forma, os itens testados permitem comprovar que a fabricação atende aos requisitos do Inmetro, podendo ser comercializados conforme critérios de aprovação pré-estabelecidos

 

Por que é importante verificar se a peça tem a certificação Inmetro?

Como já mencionamos, esse certificado é indispensável para atestar a qualidade de produtos automotivos que tem certificação compulsória. Relacionamos abaixo alguns dos motivos principais para isso.

 

Evite peças adulteradas

Quando uma peça não atende às especificações do Inmetro, pode ser que ela não tenha a qualidade e durabilidade recomendadas. Além disso, pode ser que a peça tenha sido adulterada de forma ilegal, colocando os ocupantes do veículo em risco.

 

Evitar riscos de funcionamento e segurança

Peças automotivas defeituosas aumentam consideravelmente o risco de acidente. Pneus sem aderência, problemas nas pastilhas de freio, entre outros componentes, podem lhe fazer perder o controle da direção, trazendo um alto risco de acidentes.

 

Quais são os riscos de usar uma peça que deveria ser certificada e, não é?

O Inmetro é o órgão que através de laboratórios credenciados e organismos certificadores de produtos concedem a certificação dos produtos automotivos. Portanto, qualquer peça que não conte com o selo de certificação do Inmetro não conta com as devidas garantias de segurança, representando diversos riscos para o consumidor, que detalhamos a seguir.

 

Problemas de funcionamento

Peças automotivas que deveriam ter passado por um processo de certificação dos componentes e ter sua qualidade e performance atestadas mas, por algum motivo não passaram por esse processo, podem trazer problemas de utilização e uma baixa vida útil, interferindo diretamente na garantias das peças.

 

Acidentes de trânsito

Como consequência do mal funcionamento, é bem provável que você tenha que lidar com outros problemas, especialmente na hora de dirigir. Isso significa que, enquanto está atrás do volante, defeitos nas peças podem provocar acidentes graves, mesmo que você tome os devidos cuidados na direção.

 

Prejuízo na compra

Naturalmente, quando você não obtém o nível de qualidade que esperava com a peça, você está desperdiçando dinheiro, mesmo que a tenha comprado por um preço mais baixo. Além dos demais riscos, a vida útil reduzida também implica em novos custos de substituição e manutenção, os quais saem muito mais caros quando se considera o longo prazo.

 

Como identificar quais peças devem ter a certificação Inmetro?

Agora que você entende a sua importância, o próximo passo é saber como encontrar o certificado Inmetro para as peças automotivas que você está comprando. Os métodos mais comuns estão descritos a seguir.

 

Pesquisa de mercado

Quando uma peça é aprovada no processo de certificação por um laboratório de testes homologado pelo Inmetro, seu registro é feito junto ao órgão público. Dessa forma, qualquer consumidor pode pesquisar o registro e se assegurar de que a mercadoria que está comprando atenda aos padrões de qualidade exigidos. É uma boa opção para quem vai comprar por meio da internet, por exemplo.

 

Pergunte diretamente ao mecânico

Em muitos casos, é mais fácil perguntar sobre esse certificado ao mecânico da oficina ou ao atendente da loja na qual você fará a compra.

Agora que você conta com essas informações, já tem condições de encontrar peças que tenham a qualidade garantida pela certificação Inmetro.

 

Fonte: https://blog.nakata.com.br/certificacao-inmetro/